Sexo?


Em que idade as crianças descobrem o sexo? 
Essa pergunta que mais preocupam os pais aflitos e vem despertando o interesse das atuais crianças muito mais cedo do que o século passado, pera aí, o século passado foi apenas a onze anos atrás. Mas as crianças desse novo século XXI descobrem o sexo, e ainda procuram saber sobre ele na internet e redes sociais, muito mais rápido do as que tinham a mesma idade no século passado, o tão esperado século XX. 
A entrada para o século XXI, trouxe uma transformação ainda mais rápida na vida das crianças hoje com 11 anos ou mais.Segundo Freud, a sexualidade está presente desde de bebês nascem, e que as  crianças se ocupam disso profundamente.
Hoje todo mundo aceita mais essas afirmações de Freud a respeita da sexualidade do que na época da sua afirmação. A realidade é que mais do que nunca a informação está a disposição de quem, a queira, seja na tv, internet, redes sociais, escolas, e no próprio convívio social.Lembre-se na rede há muito mais coisas boas do que ruins.
...fique sempre de olho...

Como diz o ditado: O seguro morreu de velho.
As crianças logo que deixam as fraudas, já percebem que existe algo diferente e seu instinto, é explorar seu corpo e automaticamente explorar também o corpo alheio. 
Entra em cena as reações dos pais e irmãos mais velhos, que movidos pelos preconceitos, valores, morais, desconhecimento e outros, acaba reagindo da pior maneira possível, com alardes e assustando ou constrangendo os pequenos, que não compreendem tais reações. O indicado é conversar a respeito e informar sobre, o que ela ou ele, tem alí, qual sua função, para que serve e claro, em uma linguagem direta e simples, de acordo com a idade da criança.Não podemos deixar de comentar do filme: My Girl - No Brasil, intitulado de: Meu Primeiro Beijo de 1991, onde Hollywood, já tinha essa questão, clara sobre o sexo e sexualidade dos pré-adolescentes, suas vontades e descobertas.

O Meu Primeiro Beijo é uma história irresistível sobre o primeiro amor e a primeira perca. Vada (Anna Chlumsky) é uma menina rebelde de 11 anos que vive com o seu pai Harry (Dan Aykroyd), viúvo e proprietário da agência funerária da localidade. Quando Harry começa a apaixonar-se por Shelly (Jamie Lee Curtis), a atraente maquilhadora que contrata para trabalhar com ele, Vada faz todos os possíveis para os separar. Mas este não vai ser um Verão como os outros para Vada. As aventuras que vai viver com Thomas J. (Macaulay Culkin), o filho dos vizinhos que a idolatra, do primeiro beijo ao último adeus, introduzem Vada no mundo da adolescência.


O Meu Primeiro Beijo é o filme perfeito para partilhar com os seus filhos. Ocupou as telas no século XX ( 1991) e ainda é atual. Apesar que hoje no século XXI, os adolescentes já discutem se foi bom ou não a primeira vez, falam sobre sexo seguro e outras preocupações, como por exemplo, se é bv(boca virgem) ou não, entre outras.

SEXO E SEXUALIDADE
Quando falamos de sexo ou sexualidade utilizamos essas palavras como se tivessem o mesmo significado, mas, talvez, já tenha chegado o momento de estabelecer a diferença entre estes termos.

Sexo
• Condição orgânica que distingue o macho da fêmea nos organismos heterogaméticos.
• Sexo feminino e sexo masculino.
• Conjunto dos órgãos sexuais masculinos ou femininos e, de modo especial, os órgãos externos.

Sexualidade
• É um elemento básico da personalidade, um modo próprio de ser, de se manifestar, de se comunicar com os outros, de sentir, expressar e viver o amor humano.
• A sexualidade humana é especificamente distinta da sexualidade animal. A sexualidade não se identifica com a genitalidade.
• A sexualidade invade tudo: a psicologia, as relações humanas, nossa personalidade,  o modo de entender-se e de entender a realidade. Uma reflexão sobre a sexualidade somente pode ser elaborada a partir de uma concepção integral da pessoa, perguntar pelo sexo é perguntar pelo homem. Toda atividade, toda conduta, todo sentimento e emoção estão impregnados pela sexualidade.
...em resumo...
Sexo: Está mais ligado as características biológicas e anatômicas que nos identificam como pertencentes ao sexo masculino e ao feminino.  Também é muito usado para se referir ao ato sexual com penetração: “fazer sexo”.

Sexualidade: Está diretamente ligada a atitude da pessoa nessa relação, o seu comportamento, desejos, fantasias… essas são manifestações da sexualidade. Por aí, você já podem ter uma idéia da grandeza que é o universo da sexualidade: ela não está restrita ao ato sexual. A sexualidade está presente e pode ser expressa através dos nossos gestos, pensamentos, palavras, atos de afeto e carinho, a forma como nos relacionamos com o outro, a descoberta do corpo e do prazer que ele proporciona… isso sim é a sexualidade!

Em geral, quando se ama alguém, sexo e sexualidade se completam e se misturam tão rápido, a ponto dos envolvidos na relação, claro, não se preocupam se estão no momento sexo ou no momento sexualidade. Apenas se amam. 

sexo e sexualidade entre pessoas com limitações físicas
Nossa coluna sobre sexualidade já começa "bombando" e já falando de diferenças entre Sexo e Sexualidade e as relações entre pessoas com limitação física. 
A sexualidade para deficientes físicos. É gente, os jovens pesquisados e que possuem algum tipo de limitação física, foram unânimes em dizer:
 " ...O nosso órgão sexual é a nossa mente..." Não importa qual é a condição física da pessoa, é na mente que boa parte da nossa sexualidade se manifesta. A imaginação, quando estimulada pelo contato com algum tipo de conteúdo sexual, ativa o desejo sexual fazendo com que o corpo responda a esses estímulos através de ereção peniana, no caso dos homens ou por meio da lubrificação, nas mulheres.

Dependendo da dimensão do trauma sofrido, nos casos em que as sequelas dificultam o caminho entre desejo, excitação e orgasmo, os estímulos sexuais não são suficientes para ativar o desejo sexual.
"Novas maneiras de estimular o corpo são necessárias para buscar respostas mais adequadas e satisfatórias. Na atividade sexual todo o corpo pode estar envolvido e não só os órgãos sexuais. 
No caso das mulheres, dependendo do estado geral de saúde, a gravidez é possível, desde que acompanhada a partir do seu início, de preferência, por equipe multiprofissional. 
Alguns cadeirantes sexualmente ativo, constituem família e são plenamente  felizes. Sem contar com as mais diversas profissões, que eles com limitações físicas, exercem .

Modelo 

Cadeirante de Corrida

Corredor 
Nadador
Claro que, existem vários esportes e mil possibilidades não somente as que foram retratadas aqui. 
Para algumas pessoas, as possibilidades existem, estão, às vezes, bem a  frente e estamos tão cegos, por algum motivo, que não conseguimos entender o que se passa a nossa volta, então, temos que admirar o admirável, mas temos que ter em mente que podemos ser admiráveis também!
No próximo post as diferenças entre sexo e sexualidade.
 Acompanhe nossas matérias RTBG RTBG Curta RTBG


By JBracco
Pós-graduado - MBA - Gestão Empreendedorismo Escolar - Vice-diretor 
Filosofo - Pedagogo - Professor
Curso em Sexualidade Humana/Instituto Kaplan e Johnson & Johnson.

Envie suas dúvidas para nós através de email ou comentários abaixo.