Revista ONDA

Balada eco-friendly
Para quem curte um bom rock’n roll, o Festival SWU é assunto certo nas rodinhas. Mas, mais do que trazer bandas internacionalmente famosas entre os dias 9 e 11 de outubro para Itu, a 70 km de São Paulo, o evento levanta a bandeira do ecologicamente correto e é resultado de um movimento de conscientização em prol da sustentabilidade.
A colunista Vivi Mascaro do ig, escreveu essa matéria lá no portal, mas como estamos falando aqui, também de situações novas para a reciclagem e produção de energia, vale a pena ler a matéria dela:
Perspectiva da Greenhouse de SP
A Greenhouse, balada eco-friendly de Nova York, está prestes a abrir suas portas em São Paulo. A festa de inauguração está marcada para o dia 21 deste mês, e o club ocupa o espaço onde funcionou o Gallery, nos Jardins.
O diferencial da casa noturna, freqüentada por Bruce Willis, Mary-Kate Ashley Olsen e Jodie Foster na versão americana, é o projeto com diferenciais sustentáveis. Para São Paulo, a arquiteta Zoe Gardini usou madeiras com certificado de origem de áreas de reflorestamento, fez paredes de bambu e desenhou bares com vidros reciclados. O sistema de som vai funcionar por energia eólica (através do vento), que também é gerada na pista de dança pelo atrito no chão.
O club paulistano terá 600m² e o menu de drinks vai contar com bebidas orgânicas. E na carrapetas, set list de house music comandado pelo DJ residente de Nova York.
Mais produtos em nossa página VITRINE|ONDA|VERDE

AMBIENTAL

A
Abiótico- Parte não-viva do ambiente. Ex.: luz, água, sais minerais, temperatura.
Absorção- Entrada de substâncias nos tecidos ou nas células de um organismo.
Adaptação- Característica que permite ao indivíduo sobreviver e se reproduzir em seu ambiente. Ex.: as nadadeiras são adaptações ao ambiente aquático.
Adubação- Fertilização do terreno para a plantação.
Adubos químicos- Fertilizantes para o solo fabricado pelo homem.
Aeróbio- Ser vivo que depende do gás oxigênio para respirar. A maioria dos seres vivos é aeróbia.
Agrotóxico- Substância química fabricada para destruir as pragas que atacam as plantações.
Água potável- Água que pode ser consumida pelo o homem sem tratamento.
Alga- Ser vivo aquático capaz de fazer fotossíntese. Pode ser formada por apenas uma célula ou por várias células. Ex.: algas cianofíceas, algas verdes,, algas vermelhas.
Ambiente- Conjunto de fatores que agem sobre o organismo. Inclui os fatores físicos (água, luz) e outros seres vivos.
Anaeróbio- Ser vivo que não depende do oxigênio. Sua respiração é anaeróbia ou por fermentação. Algumas bactérias são anaeróbias.
Anfíbio- Animal vertebrado que se reproduz na água, embora alguns vivam na terra. Ex.: sapos, rãs, pererecas, salamandras, cobras-cegas.
Angiosperma- Plantas que tem a semente dentro de um fruto. A maioria das plantas pertence a esse grupo.
Assoreamento- Processo de aterro de lagos e rios por depósito de terra.
Atmosfera- Conjunto de gases que envolvem a Terra.
Autotrófico- Ser que fabrica as substâncias orgânicas a partir de substâncias minerais.
Plantas, algas e algumas bactérias são autotróficas.
Areia- Porção de solo arenoso, composto por grãos que se depositam nas praias, leitos dos rios, desertos, etc.
Argila- Tipo de solo, avermelhado, que pode ser modelado.
B

Bactéria- Ser vivo microscópico formado por apenas uma célula. As bactérias são os seres 
mais simples do planeta.
Bentos- Seres que vivem no fundo dos ecossistemas aquáticos. Ex.: estrela do mar, anêmona.
Biociclo- Divisão da biosfera. Há três biociclos: terrestre, de água doce e marinho.
Biologia- Ciência que estuda os seres vivos.
Bioluminescência- Produção de luz pelos seres vivos.
Bioma- Grande ecossistema terrestre, com fauna, flora e clima próprios. Ex.: floresta tropical, deserto, floresta temperada.
Biosfera- Parte da terra onde é possível a vida. É formada pelo conjunto de ecossistemas.
Biótico- Tudo que se refere ao ser vivo. Fatores bióticos são os seres vivos do ecossistema.
Botânica- Parte da Biologia que estuda as plantas.
C
Caatinga- Ecossistema típico do Nordeste brasileiro, de clima seco e quente e com plantas xerófilas (que vivem com pouca água), como o cacto.
Cadeia alimentar- É uma seqüência de organismos que se alimentam e servem de alimentos uns aos outros.
Calcário- Tipo de solo, constituído principalmente de carbonato de cálcio. O cálcio é muito importante na formação dos esqueletos, conchas e carapaças de animais.
Campo- Ecossistema em que predomina a vegetação rasteira (capim).
Carbono- Elemento químico presente nas substâncias dos seres vivos. Pode combinar-se ao oxigênio e formar gases, como o gás carbônico e o monóxido de carbono.
Carnívoros- Animais que se alimentam de outros animais.
Casta- Conjunto de indivíduos especializados para determinada tarefa. Ex.: a sociedade das abelhas está dividida em três castas: operárias, rainhas, e zangões.
Célula- A menor parte viva de um organismo. É formada por uma membrana, uma massa gelatinosa (citoplasma) e um núcleo.
Cerrado- Campo característico do Brasil Central.
Chuva ácida- Chuva tornada ácida pela ação de gases de enxofre ou nitrogênio produzidos por indústrias ou veículos. Pode destruir plantas e a vida nos lagos.
Clorofila- Substância verde das plantas que capta a luz para a fotossíntese.
Clorofluorcarbono- (CFC). Gás usado nos aerossóis. Provoca a destruição do ozônio.
Colônia- Associação de seres vivos da mesma espécie em que indivíduos estão unidos entre si por alguma parte do organismo. Ex.: colônia de corais.
Comensal- Organismo que se beneficia numa associação sem prejudicar o outro. Ex.: a rêmora é comensal do tubarão.
Comensalismo- Associação em que apenas um ser lucra e outro não lucra nem é prejudicado. Ex.: rêmora e tubarão.
Competição- Associação que um ser vivo disputa recursos do ambiente (alimento, território) com outro.
Comunidade- Conjunto de seres vivos que vivem em um ecossistema. Ex.: todos seres vivos de um lago ou de uma floresta.
Coníferas- Plantas do grupo das gimnospermas, com flores formando cones. Ex.: pinheiros.
Conservação do ambiente- A maneira de usarmos a natureza garantindo a sobrevivência dos seres vivos e de todos os ecossistemas, para nós e para as gerações futuras. Para isso, a humanidade deve usar técnicas que não poluem nem desequilibrem o ambiente, preservando também as espécies naturais da região.
Consumidor- Ser vivo que não produz seu próprio alimento. Os consumidores primários se alimentam de plantas. Os consumidores se alimentam de consumidores primários, e assim por diante.
D
Decídua- Floresta que perde as folhas no outono .
Decomposição- Transformação da substância orgânica dos cadáveres e resíduos em substância mineral, que pode ser aproveitada pelas plantas na fotossíntese.
Decompositor- Ser vivo, principalmente bactéria e fungos, que faz a decomposição dos resíduos e dos cadáveres. Os decompositores são importantes para a reciclagem das substâncias no ecossistema.
Dejetos- Fezes, detritos e outros materiais que não se aproveitam mais.
Desertificação- Transformação de uma área num ambiente parecido com um deserto. É provocada principalmente pelo desmatamento.
Deserto- Ecossistema de regiões áridas, com poucas chuvas.
Desmatamento- Retirada da vegetação natural de uma área para cultivo agrícola e pecuária, por exemplo.
Diatomáceas- Algas microscópicas que formam o fitoplâncton. Produzem grande parte do oxigênio do planeta.
E
Ecologia- Ciência que estuda as relações entre os seres vivos e deles com o meio ambiente.
Ecossistema- Conjunto formado pelos os organismos e pelos os fatores físicos do ambiente. Ex.: uma floresta, com seu solo, clima, fauna e flora.
Efeito estufa- Aumento da temperatura do planeta devido ao acúmulo de gás carbônico na atmosfera.
Energia- Capacidade de gerar trabalho. A energia pode existir em várias formas: calor, luz, movimento, eletricidade, energia química.
Epífita- Plantas que vivem sobre outras sem prejudicá-las. Ex.: orquídea.
Epinociclo- Biociclo das terras firmes do planeta.
Equilíbrio ecológico- Perfeita harmonia entre os seres vivos e o seu ambiente natural.
Erosão- É o desgaste e transporte de terra pela água, vento gelo, etc. Uma das principais causas da erosão do solo é a falta de cobertura vegetal.A terra carregada pela água deposita-se no fundo das represas e rios, causando assoreamento dos mesmos. Os rios muito assoreados podem transbordar em época de muita chuva, causando as enchentes.
Esgoto- São águas que foram utilizadas nas nossas casas, no comércio, industrias e hospitais, para higiene pessoal, limpeza, etc.Os esgotos contêm restos de alimentos, detergentes, fezes, urinas e, quando vêm das indústrias, podem ainda ter substâncias químicas perigosas.
Espécie- Conjunto de indivíduos muito semelhantes, capazes de cruzarem entre si, originando descendentes férteis
Esquistossomose- Doença provocada por vermes através da água em contato com a pele.
Também conhecida como “barriga-d’água” ou “doença do caramujo”.
Eutrofização- Proliferação de micróbios decompositores devido ao excesso de alimento lançado na água. A falta de oxigênio e as substâncias tóxicas produzidas podem matar outros seres vivos.
Evolução- Processo pelo qual as espécies mudam através do tempo.
Extinção- Desaparecimento de uma espécie. A destruição do ambiente natural vem provocando a extinção de várias espécies.
F
Fauna- Animais de uma área.
Febre tifóide- Doença infecciosa causada pela água contaminada por determinados microrganismos.
Fermentação- Respiração sem oxigênio. Feita por algumas bactérias e fungos.
Fitoplâncton- Conjunto de algas flutuantes. É o produtor dos ecossistemas aquáticos.
Flora- Planta de uma região.
Floresta- Ecossistema com muitas árvores.
Floresta temperada- Floresta de clima frio.
Floresta Tropical- Floresta situada nos trópicos, com clima quente e úmido e grande diversidade de espécies.
Fotossíntese- Produção de substâncias orgânicas pelas as plantas a partir de substâncias minerais (gás carbônico, água e sais minerais), com energia da luz.
Fungo- Organismo que não faz fotossíntese. Pode ser formado por uma ou por várias células. Alguns fungos são decompositores, outros são parasitas. Ex.: levedo de cerveja, cogumelos.
G
Herbívoros- Animais que se alimentam de vegetais.
H
Humo- Restos de animais e vegetais que fertilizam no solo.
L
Lixo- É o conjunto de matérias sólidas (resíduos sólidos) provenientes das atividades humanas. O lixo pode ser domiciliar (produzidos nas residências), comercias, de serviços de saúde (produzido em hospitais, farmácias, clínicas veterinárias, etc.) e industrial. O lixo domiciliar geralmente é formado por restos de alimentos, papéis, plásticos, vidros e latas. Uma parte de todo o lixo pode ser reciclada. Todavia, é muito importante que se reduza a quantidade de lixo produzido pelas pessoas.
M
Manancial- Chama-se manancial toda reserva de água que pode ser utilizada pelo homem para abastecimento, irrigação e pesca. Os mananciais são muito importantes pois suas águas, devidamente tratadas, servem para beber. Rios e represas são exemplos de mananciais.
Mata ciliar- É a mata que fica nas margens de rios e represas. Essas matas, como os cílios que impedem a entrada de impurezas em nossos olhos, protegem os rios e represas contra a entrada de substâncias como o lixo e a terra carregada pela erosão.
Matérias orgânicas- Matérias que tem suas origens nos seres vivos (folhas, galhos, estrumes de animais, raízes, etc.).
Microrganismos- Seres muito pequeno, invisíveis a olho nu. Alguns são úteis para o equilíbrio da natureza e outros podem causar doenças ao homem.
Monocultura- Cultivo de um único tipo de plantação em determinada área.
P
Preá- Mamífero roedor que atinge de 25 a 30 centímetros de comprimento. Vive nas bordas das matas e em proximidades de riachos e córregos. Alimenta-se de vegetais.
Piaba ou piava- Peixe com tamanho bastante variável. Vive em rios e represas. Alimenta-se principalmente de vegetais e insetos.
Pesticidas- Produtos químicos usados pelo o homem para combater as pragas.
Q
Queimada- Destruição da vegetação pelo o fogo.
R
Reciclagem do lixo- Reaproveitamento do lixo.
Recursos naturais- Tudo que o homem aproveita da natureza.
Recursos naturais não-renováveis- São aqueles que se esgotam após um determinado tempo de exploração.
Recursos naturais renováveis- São aqueles que, se usados adequadamente, podem durar para sempre
Represa- Reservatório construído pelos os homens que acumula água para diversos fins (abastecimento, produção de energia elétrica, irrigação, cultivo de peixes, recreação, navegação, etc.) A represa é formada pelas águas que vêm de rios, nascentes e chuvas
Rio- É um curso de água natural de comprimento considerável. Os rios surgem em nascentes (fontes), que formam pequenos córregos que, ao longo do seu percurso, vão aumentando de tamanho, devido ás águas, que recebem das chuvas, de outros rios e nascentes. As águas dos rios correm de regiões mais altas para as mais baixas e desembocam em outros rios, em lagos e no mar.
A região ao redor de um rio, incluindo todos os seus afluentes, é chamada de bacia hidrográfica.
Rochas- Parte da crosta terrestre, abaixo do subsolo.
S
Subsolo- Camada da crosta terrestre situada logo abaixo do solo.
V
Vapor d’água- Água em estado de vapor provocado pelo aumento da temperatura, como, por


Reduzir | Reutilizar | Reciclar
Todo o mundo está, ou deveria estar, adicionando essas três palavras ao comportamento humano, afinal elas são uma ordem para todos aqueles que realmente querem entendê-lo de uma forma diferente, para que as futuras gerações o encontre menos desigual e menos poluído.
O ideal é que essas palavras façam parte do dia-a-dia de todos, pois, estamos na era da sustentabilidade plena e com projeções para um mundo ainda melhor .
Em pleno século XXI, existem várias empresas que já se posiciona, preocupadas com essas questões ambientais: como preservação, sustentabilidade e produtos ecologicamente corretos. Vitrine|ONDA|Verde.
Só sei que fica assim.......Atividade : Ecologicamente correto e útil
=
Vamos realizar um prático Porta Lápis, com diversos materiais recicláveis, como por exemplo, lata alumínio ou similar. Basta retirar o rótulo da lata, preparar uma cola diluída em água e passar por toda a lata (na hora da colagem). A colagem ao redor da lata pode ser com E.V.A(use cola quente - com cuidado), ou jornais e revistas velhos. O ideal é escolher um tema como por exemplo: Filmes– Novelas —Minhas fotos(aí é só tirar uma fotocópia delas em PB(Preto e Branco) ou colorido se preferir). Caso faça a opção de fazer com imagens só de filmes, novelas, atores e/ou atrizes, também é só recortar essas imagens e guardar para colar.
Aqui no nosso exemplo, vamos fazer com EVA:
Materiais:
@E.V.A
@Lata de alumínio
@Tesoura
@Cola Quente se for usar EVA ou no caso da colagem simples use a cola escolar 
Como fazer:
@Lave e seque o recipiente que será utilizado. (para qualquer que seja sua opção)
@Use a tesoura para cortar o pedacinhos de EVA em formatos da sua preferência(tipo formas geométricas) e de cores variadas
@ Cole-os ao redor da lata ou similar
Atenção: Ao utilizar, jornais e revistas, é só cortar as fotos e intercalando-as até fechar a lateral de toda a lata, caso queira, escolha fotos de sua preferência, para a tampa, corte uma foto redonda do tamanho dela e pronto. 
Seu porta lápis ou objetos está pronto.
Matéria publicada originalmente na revista Nova Escola e reedita pela RTBG|Sua vida mais completa!
"Thurma" da Redação!